Rain

Description:
Bio:

Quando nasci, recebi o nome de Rain, que significa chuva. Uma coisa rara no deserto de Athas, assim como é extremamente raro a reprodução de minha raça.
Sou da raça shifter, uma raça praticamente em extinção em Athas. Aparentemente não estamos conseguindo nos reproduzir para manter a espécie, por isso que ao nascer, minha mãe e pai ficaram extremamente alegres e felizes.
Minha raça é selvagem, assim como o grande deserto. Temos duas subespécies: longtooth, shifters selvagens que vivem em matilhas e razorclaw, shifters selvagens que preferem viver sozinhos e independentes. Esta última subespécie é a qual me enquadro.
Minha criação foi baseada na lei do mais forte. Era isso, ou perecer no deserto. Desde pequena, fui criada por meu pai e minha mãe para ser ágil, destemida, corajosa e acima de tudo, livre.
Meus amigos eram o vento, a terra e o arco, com o qual desenvolvi desde cedo uma habilidade nata.
Todo o dia corria quilômetros, caçava e praticava camuflagem. Meu pai sempre me disse que nós fazemos nosso destino e que para sobreviver ao grande sol do deserto, devemos ser fortes e ágeis para conseguir escapar das árduas provações que serão colocadas no nosso caminho.
Poucas foram as vezes que esbarramos com outros de nossa raça, mas estes pequenos encontros eram sempre comemorados e registrados, como que uma espécie de diário para a geração futura. Meu pai e minha mãe acreditavam que havia um lugar secreto, onde milhares de shifters estariam vivendo e perpetuando nossa raça. Eles me diziam que só os mais nobres e fortes guerreiros shifters eram os escolhidos para saber o caminho e ter acesso ao local, pois ao longo do tempo iríamos formar uma grande população e exército que no dia certo iria se rebelar contra toda a tirania e escravidão do mundo de Athas.
Ao longo dos anos, meus pais mantinham a esperança de serem chamados para essa terra prometida, mas isso nunca ocorreu….
Eles se foram, assim como o vento leva a areia e como o sol se põe no horizonte. Sentirei muito a falta deles, mas sei que agora estão em algum lugar, sempre olhando por mim.
Tentei manter viva em mim essa esperança de terra secreta, que meus pais tanto acreditaram, mas ao passar de muitas luas, isso foi apenas se tornando um mito, uma lenda.
Há pouco tempo tive uma das mais difíceis caçadas, persegui minha presa por trilhas íngremes com rochas e durante bons quilômetros, mas finalmente consegui apanhá-la, o que me resultou num ótimo jantar como poucos há meses.
Após a farta refeição, resolvi descansar, acabei pregando os olhos e dormindo um sono profundo… Meu erro, meu descuido…. Fui capturada por um grupo de escravagistas e perdi meu bem mais precioso: minha liberdade.

Rain

The Price of Freedom bissetriz